Motivos pelos quais se sente sempre cansado

Atualizado: 20 de Fev de 2019

Vai cedo para a cama e dorme até o despertador tocar? Dormiu horas a fio e mesmo assim acorda cansado? Segundo o Royal Collegue of Psychiatrists, uma em cada cinco pessoas sente cansaço incomum e uma em cada dez pessoas apresenta sintomas de exaustão.


Quais são os sintomas de exaustão?

A exaustão manifesta-se como um cansaço físico e mental incomum. Sente-se como se estivesse em esforço constante e tudo o que quer fazer é deitar e dormir. Esta condição faz com que tenha mais dificuldade em concentrar-se e causa a sensação de estar sem energia ao longo do dia.

Por outro lado, existem outros sintomas que podem indicar que anda exausto, tais como: estar mais stressado do que o normal, sentir a necessidade de ingerir doces, snacks salgados e refrigerantes, ter insónias, ter os lábios gretados e secos, estar mal humorado, sentir-se preguiçoso, seja para ir ao ginásio ou para sair do sofá.


O que causa a exaustão e o esgotamento físico?

A exaustão, muitas vezes, é descrita como um estado de extremo cansaço físico e mental, em que os mecanismos que fornecem a energia estão em baixo ou a energia está a ser usada pelo sistema imunitário para combater alguma infeção.

A exaustão também gera sintomas de stress causados pela falta de energia para lidar com as tarefas do dia a dia. Pelas capacidades de conciliar diversas tarefas em simultâneo, as mulheres estão mais propensas a ter sintomas de exaustão, pois pelo meio do processo deixam de priorizar a saúde.

A exaustão pode ser resultante de fatores, como o estilo de vida agitado, o stress, a depressão, a fadiga pós-viral, os efeitos secundários de alguma medicação ou até uma possível gravidez. Este cansaço incomum pode também estar relacionado com problemas de saúde, tais como infeções, anemia, diabetes, hipertensão arterial, tiroide ou doenças autoimunes e problemas cardíacos.


Como lidar com os sintomas de exaustão?

Identificar os sinais de exaustão é o primeiro grande passo para impedi-los. No entanto, poderá combater a exaustão com algumas mudanças a nível de dieta e estilo de vida e seguindo estas dicas:


1. Fazer refeições menores e mais regulares

Ou seja, faça mais lanches. Comer a cada 3-4 horas ajuda a reduzir o desejo por açúcar e a prevenir quebras nos níveis de açúcar no sangue.


2. Dormir 7-8 horas de sono (de qualidade) por noite

Estabelecer bons hábitos de sono e uma rotina regular de sono pode evitar os sintomas da exaustão. Tente também evitar o consumo de estimulantes como a cafeína e o álcool, desligar os aparelhos eletrónicos e ajustar a temperatura ambiente do quarto à noite.


3. Controlar os níveis de cortisol

A exaustão pode estar ligada à interrupção dos níveis normais de cortisol, principal hormona do stress. Assim sendo, ao diminuir as situações de stress conseguirá controlar os sintomas da exaustão.


4. Fazer exercício físico

O mais provável é que fazer exercício quando se sente cansado seja a última coisa que lhe passe pela cabeça, no entanto, quando se trata de evitar os sintomas de exaustão, é importante manter-se em movimento.

O ideal é que faça uma pequena caminhada durante as horas vagas, opte pelas escadas em vez do elevador ou faça alguns alongamentos antes de dormir. Se preferir faça 20 minutos de ioga acompanhado por alguns exercícios de meditação e controlo da respiração para aliviar a tensão muscular e relaxar um pouco.



#gastroclinic #bemestar #cansaco #exaustao #concentracao #alimentacaosaudavel #nutricao #dormirbem #stress #exerciciofisico

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Cinzento G + Ícone
  • Cinza ícone do YouTube